For Why logo

Quer montar um e-commerce de sucesso? Então siga esses passos
Dicas para lojistas

Quer montar um e-commerce de sucesso? Então siga esses passos

Hoje em dia, com a expansão da internet, muitos lojistas criam em paralelo a suas lojas físicas, e-commerce. Além de atenderem os consumidores que adoram comprar pela internet, esse tipo de comércio é mais econômico que uma loja normal, por dispensar custos como aluguel, mão de obra, luz e outras contas. Mas, apesar de ser aparentemente fácil ter um e-commerce, é bom seguir dicas de especialistas para que seu negócio on-line seja atraente e não fique sem movimento. É necessário sempre estar atento a ferramentas de marketing, para trazer mais clientes, ter produtos atrativos, manter sempre a melhor tecnologia e claro, ter uma ótima operação de logística para a entrega de produtos. Siga os passos abaixo e não terá problemas.

 

Entenda seu cliente 

 

Antes de começar o negócio, estruture bem quem será seu público alvo. Vale investir em pesquisas de mercado, ou mesmo conversar com familiares e amigos que possam opinar sobre sua ideia de negócio. Isso antes de abrir as portas. Depois, é importante manter canais de diálogo para feedback, como espaços para comentários e questionário de satisfação do cliente. Diferente das lojas físicas, no e-commerce a relação com o cliente é um pouco mais distante, o que reforça a necessidade de buscar esse contato.

 

Conheça o mercado

 

O mercado de e-commerce é super competitivo. Por isso, não seja um iniciante e estude seus concorrentes. É preciso mapear o mercado, entender quem são os maiores players presentes, ter clareza da demanda que o seu negócio vai atender, e saber qual será o seu diferencial em relação aos demais.

 

Encontre um nicho

 

Não se deixe enganar pelos atrativos do e-commerce. Segundo estudos do Insper, 99% das grandes lojas virtuais dão prejuízo. Está difícil vender tudo no mesmo lugar na internet. Quem tem ganhado dinheiro está focado em nichos específicos.

 

Tenha uma proposta clara

 

Para ter mais chances de sucesso, a sua loja eletrônica precisa de uma proposta clara.

 

Venda assinaturas

 

Outra boa aposta é o modelo de clube de assinaturas, pelo qual o cliente paga uma mensalidade e recebe os produtos periodicamente em sua casa. 

 

Tenha parceiros confiáveis

 

Praticamente todas as operações de e-commerce envolvem uma série de parceiros, como fornecedores de produtos, serviço de logística e serviços de tecnologia. Se alguma dessas pontas tiver problemas (um atraso na entrega, por exemplo), prepare-se: a culpa cairá sobre você. 

 

Diferencie-se no produto

 

Para se diferenciar no mercado, é fundamental que você tenha bons fornecedores ou que tenha uma produção própria de qualidade. É preciso ter acesso aos fornecedores ou uma produção própria que garanta a vantagem competitiva do seu negócio.

 

Preste atenção na tecnologia

 

Se você vai começar um e-commerce agora, escolha uma plataforma para sua loja virtual que caiba no seu bolso. Tenha cautela, não faça um grande investimento em tecnologia inicialmente. É importante avaliar como a plataforma está preparada para os mecanismos de busca, como o Google. Quanto mais preparada for a plataforma, menos você vai ter que gastar com marketing. Outro ponto importante é que a plataforma possa ser acessada pelo smartphone. É recomendável ainda verificar a compatibilidade do sistema com os serviços de pagamento e gerenciamento de empresas disponíveis no mercado.

 

Dê atenção especial à logística

 

Um dos principais desafios para quem vai ter um e-commerce é a parte logística. Num país de dimensões continentais como o Brasil, garantir que seu produto chegará na casa do cliente no tempo determinado e em boas condições pode ser uma tremenda dor de cabeça. É bom estar preparado para serviços de logística sobrecarregados em datas comemorativas (o que pode atrasar a chegada do produto ao seu cliente). É também importante avaliar a viabilidade de se entregar um produto em regiões muito distantes da sua base de operação.

 

Invista (muito) em marketing 

 

O e-commerce é basicamente uma loja num porão, ninguém passa na frente da sua loja. Por isso, precisa de muito marketing. Isso significa investir em anúncios na web, newsletter e redes sociais.

 

Texto por Vanessa Kopersz

Talvez você também goste