For Why logo

Quer apostar em um quiosque em shopping? Veja prós e contras
Dicas para lojistas

Quer apostar em um quiosque em shopping? Veja prós e contras

Quem nunca pensou em abrir uma loja em um shopping de grande circulação? Os lucros podem ser espetaculares, mas, via de regra, os aluguéis em shoppings são exorbitantes. Assim, muitos empresários acabam optando por abrir quiosques, que acabam apresentando custos menores e operações mais enxutas. 
 
Ao mesmo tempo que o investimento inicial em quiosques é mais baixo do que a montagem de uma loja (já que não há a necessidade de obras ), o aluguel cobrado por metro quadrado é muito mais alto do que o de uma loja. É comum que uma loja de 30m² pague um valor nominal de aluguel equivalente ao de um quiosque de 6m². Em compensação, os quiosques são ótimos para testar um novo modelo ou um conceito de negócios, já que o investimento inicial do empresário nessa empreitada será baixo. Este tipo de ‘mini loja’ também possibilita que se façam ajustes na operação de forma rápida e eficiente. Os quiosques também não tem como escapar dos olhos do consumidor, já que ficam bem visíveis nos corredores.
 
Mas atenção, há alguns pontos negativos a serem levados em consideração. Geralmente, neste tipo de negócio, os contratos são de curta duração (alguns contratos são mensais) e podem fazer com que o seu negócio não tenha perenidade. É possível que no auge da maturidade do seu negócio, você tenha de abrir mão da localização e sair do shopping ou ir para uma localização menos privilegiada. No caso das franquias, ainda há o risco do contrato com a franqueadora estar vigente e o franqueado não ter um local para instalação do seu negócio. Outro ponto limitante é que pelo fato do espaço ser bem limitado, o comerciante dono de quiosque terá de optar por um mix de produtos bem enxuto   – e de quebra, eficiente.
 
Dica 4Y: antes de fechar contrato por um quiosque em shopping, faça junto com sua equipe do financeiro uma lista de prós e contras para avaliar se vale a pena investir nesse modelo de ponto de venda. Caso o resultado seja “siga em frente!”, nossa dica é investir em uma identidade visual para a loja que atraia clientes, ou seja, investir em decor simples e atrativa. 
 
 
Texto por Vanessa Kopersz 

Talvez você também goste