For Why logo

O melhor do pré e do Carnaval de rua em SP
Lifestyle

O melhor do pré e do Carnaval de rua em SP

O Pré-Carnaval e o Carnaval de rua em São Paulo continuam em alta e seguem quebrando recordes de atrações e foliões nas avenidas a cada ano que passa. Em 2019, a prefeitura contabilizou 516 blocos de rua e 556 desfiles para cerca de 14 milhões de pessoas no total, entre pré e pós- Carnaval. Em 2020, já são mais de 800 blocos inscritos para um total de 960 desfiles. Neste ano, o feriado cai no dia 25 de fevereiro, uma terça-feira. Mas a folia já estará ativada desde a sexta anterior, no dia 21/2, com emenda até a quarta-feira de cinzas, dia 26/2.

 

 

A última semana de fevereiro é, portanto, a data oficial do feriado, mas dá para esperar muitas atrações já nas semanas anteriores. Vale lembrar que o pré-Carnaval, com muito esquenta, rola em 15/2 e o pós-Carnaval em 29/2.

Importante dizer também que muitos blocos de rua realizam seus desfiles principais com pelo menos uma semana de antecedência. Selecionamos abaixo uma super programação e highlights para folião nenhum botar defeito. Veja:

 

Dia 15 de Fevereiro, SÁBADO

 

- Bloco Sargento Pimenta, que mistura ritmos brasileiros aos desejados clássicos dos Beatles.

Concentração: Avenida Brigadeiro Faria Lima, a partir do número 4150, Jardim Paulistano, a partir das 9h30.

 

- Bloco Casa Comigo, que traz cerca de 50 ritmistas tocando marchinhas, forró, sambas, sons indie e tudo que possa colocar o pessoal pra cima.

Concentração: Avenida Ipiranga com a Avenida São João, a partir das 11h.

 

- Bloco Frevo Mulher, com a musa Elba Ramalho, que toca músicas de sucesso da cantora e outros sons regionais.

Concentração: Avenida Pedro Álvares Cabral, a partir do número 220,a partir das 11h.

 

- Bloco da Favorita, que pega forte para quem é amante de funk.

Concentração: Avenida Engenheiro Luis Carlos Berrini, a partir do número 550, desde  11h.

 

- Bloco Arrianu Suassunga, cujo nome é um trocadilho com o do grande poeta pernambucano Ariano Suassuna, é uma linda orquestra de alfaias que mistura maracatus, cocos, caboclinhos, entre outros ritmos tradicionais com alma contemporânea.

Concentração: Rua Padre Carvalho, em Pinheiros, desde 12h

 

- Bloco Ritaleena, cujo nome já entrega, é um bloco usa temas de canções de Rita Lee e do grupo Mutantes como inspiração para suas marchinhas. A dica quente? Vá de peruca vermelha!

Concentração: Rua dos Pinheiros, 1037, Pinheiros, a partir de 12h.

 

- Bloco Bicho Maluco Beleza com Alceu Valença, que traz o mestre do forró Alceu Valença tocando todos os hinos que fazem parte do Carnaval e do universo Valenciano.

Concentração: Avenida Pedro Álvares Cabral, a partir do número 220, Vila Mariana, a partir das 13h.

Bloco Beleza Rara, um dos blocos que toca os maiores hits do axé. Com apoio do grupo Eva, o bloco já é tradicional no carnaval paulistano.

Concentração: Avenida Engenheiro Luis Carlos Berrini, Vila Olímpia, a partir do número 550, desde 13h.

 

- Bloco Bangalafumenga,  super popular entre a turma da zona oeste, é conhecido por transformar músicas em marchinhas, funk e samba e também por tocar músicas regionais, MPB, cirandas, bem como composições dos fundadores Rodrigo Maranhão e Hamilton Souza.

Concentração: Avenida Brigadeiro Faria Lima, a partir do número 4150, Jardim Paulistano, desde 14h.

 

16 DE FEVEREIRO (DOMINGO)

 

- Bloco Confraria do Pasmado,  que chega com muito samba no pé e sambas de todos tipos.

Concentração: Rua dos Pinheiros com a Rua Antonio Bicudo, Pinheiros, a partir de 11h.

- Bloco do Fervo, cujo foco é a música de raiz sambista, que leva para as multidões muito samba enredo e também outros estilos.

Concentração: Avenida Dumont Vilares, Santana, a partir do número 1501, desde 12h.

 

- Monobloco, que toca marchinhas tradicionais de João Roberto Kelly, samba de Cartola e Clara Nunes, xote de Alceu Valença, o forró de Luiz Gonzaga, o funk de MC Leonardo, até canções de Paralamas do Sucesso, Raul Seixas e Tim Maia.

Concentração: Avenida Pedro Álvares Cabral, Vila Mariana, a partir do número 220, desde 13h.

 

- Bloco Acadêmicos do Baixo Augusta, é chamado de “bloco ativista”, por sua vertente política e crítica e também por reunir em seu desfile um time de artistas e celebridades.

Concentração: Rua da Consolação, Jardins, a partir do número 2195, desde 14h.


- Bloco Gambiarra, cujo som é voltado para o público jovem, com muita MPB alto astral.

Concentração: Rua Henrique Schaumann, Pinheiros, a partir do número 567, desde 14h.


21 DE FEVEREIRO (SEXTA-FEIRA)


- Bloco Afro Ilú de Obá de Min, cujo som mixa ritmos do candomblé, jongo, maracatu, boi e ciranda.

Concentração: Praça da República, Centro, desde 17h.

 
- Bloco das Emílias e Viscondes, que possui como missão preservar e resgatar a literatura infantil através dos festejos de rua e das marchinhas carnavalescas, tendo as crianças como protagonistas.

Concentração: Rua Major Sertório, Santa Cecília, desde 13h.


22 DE FEVEREIRO (SÁBADO)

 

- Bloco Tarado Ni Você, que pretende reviver o carnaval de marchinhas, explorando a ampla discografia do muso da MPB Caetano Veloso.

Concentração: Avenida Ipiranga com a Avenida São João, Centro, desde 11h.


- Bloco Agrada Gregos, eclético, mix eclético que toca muito pop, axé, funk, bregueiras e sertanejo.

Concentração: Avenida Pedro Álvares Cabral, 220, Vila Mariana, desde 14h.

 

- Bloco Má que Bloco, que toca de tudo, mas principalmente clássicos do axé e do funk.

Concentração: Rua Deputado Bady Bassit, 43, Morumbi, desde 13h30.


- Bloco Vou de Táxi, cujo som passa por Sandy & Júnior, Backstreet Boys, É o Tchan! e outros hits inesquecíveis da década de 90.

Concentração: Avenida Helio Pellegrino, a partir do número 200, Vila Olímpia, desde 14h.


23 DE FEVEREIRO (DOMINGO)


- Bloco Chá da Alice, que toca principalmente hits pop. Inspirado no universo do filme Alice no País das Maravilhas, já trouxe artistas de calibre como Ivete Sangalo, Ludmilla, Anitta, Daniela Mercury, Preta Gil e É o Tchan.

Concentração: Avenida Brigadeiro Faria Lima, 4150, Jardim Paulistano, desde 11h

.

- Bloco Inimigos do Fim, que traz para as ruas de São Paulo toda a energia da noite eletrônica LGBTQ+ no melhor clima de Carnaval.

Concentração: Rua Augusta com Matias Aires até Álvaro de Carvalho, Centro, apartir das 12h.


24 DE FEVEREIRO (SEGUNDA-FEIRA)


- Bloco Domingo Ela Não Vai, que traz o melhor do axé music dos anos 1990.

Concentração: Avenida São João com a Avenida Ipiranga, Centro, desde 12h. 


- Bloco Love Fest,  que costuma atrair artistas da cena LGBT+ e toca de tudo, principalmente axé baiano.

Concentração: Avenida Tiradentes, 567, Centro, a partir das 13h.

 

- Bloco Emo, que traz o som alternativo de My Chemical Romance versão samba, com Nx Zero na cuica e Fresno nos tamborins.

Concentração: Praça Júlio César, Centro, a partir das 14h.

 
 
Texto por Vanessa Ming
 
 
Foto de capa: Unsplash
Foto 1: Fala! Universidades

Talvez você também goste