For Why logo

Como deixar seus provadores super confortáveis e eficientes
Dicas para lojistas

Como deixar seus provadores super confortáveis e eficientes

Se você é daqueles lojistas que dá total valor ao conforto de seus clientes, vale a pena investir em provadores que deixem seu público totalmente à vontade. Segundo uma pesquisa realizada nos EUA em 2018, quando o consumidor utiliza um provador de loja para experimentar uma peça, suas chances de comprar aumentam em cerca de 67%. A mesma pesquisa também revelou que, aproximadamente, um terço dos clientes que entram em uma loja, decidem provar as peças – ou seja, este é um espaço crucial para qualquer lojista vender mais. 
 
O primeiro aspecto a se levar em consideração na hora de pensar em um provador eficiente é a privacidade. Portanto, eles devem estar no lugar mais discreto da loja. O cliente também precisa se sentir confortável enquanto prova as peças, por isso o piso de um provador jamais deve ser frio. Em regiões de clima quente, a área dos provadores deve estar devidamente climatizada. A iluminação e o espaço das cabines devem ser os melhores possíveis, para não causar uma sensação claustrofóbica nos clientes. 
 
Vale lembrar que uma iluminação inadequada em um espaço pequeno, pode evidenciar partes do corpo que o cliente pretendia esconder. Além disso, um local quente e abafado pode apenas causar uma péssima experiência. O jogo de iluminação deve ser posicionado estrategicamente, para valorizar os ângulos pelos quais os clientes se veem. Aposte em lâmpadas de cores frias, baixa voltagem e instaladas por trás dos espelhos. Assim, você terá uma iluminação clara, porém sutil. 
 
E se você já tem um provador com esses itens de conforto e bem-estar invista também em uma decoração diferenciada como cortinas estampadas, tapetes e móbiles. A ideia aqui é criar um ambiente que seu público curta fotografar o look pelo espelho e quem sabe postar falando da sua loja no Instagram :)
 
Dica 4Y: Se os espaços não forem TÃO pequenos, ainda vale tentar posicionar pufes para que os acompanhantes dos clientes possam sentar. 
 
 
 
Texto por Vanessa Kopersz 
 

Talvez você também goste